Inscrições abertas para o curso de Especialização em Neuroeducação e Primeira Infância 2019

Estão abertas as inscrições, até o dia 28 de abril, do curso de Especialização em Neuroeducação e Primeira Infância, na modalidade à distância, promovido pela Universidade de Pernambuco (UPE) em parceria com o Centro Iberoamericano de Neurociência, Educação e Desenvolvimento Humano (CEREBRUM). As aulas começam no dia 30 de abril.

Dirigido aos profissionais da educação, saúde e proteção social o curso tem como um dos objetivos oferecer aos participantes um conhecimento teórico e prático fundamentado nas mais recentes evidências neurocientíficas sobre o processo de desenvolvimento cerebral infantil, nos aportes da Psicologia para esta etapa crucial da vida do ser humano e em uma proposta educativa e de intervenção abordando as diversas dimensões e âmbitos. 

Com duração de dezoito meses, o curso conta com uma estrutura de três módulos de aprendizagem com dez cursos no total. Cada curso terá vídeo-aulas, fóruns, chats, vídeos, leituras obrigatórias e complementares, entre outras atividades.

Entre os assuntos abordados estão a Neuroeducação e primeira infância: mitos, desafios e oportunidades, introdução à Neuroeducação, os pilares da neuroeducação na primeira infância, entre outros.

A conclusão do curso acontece em outubro de 2020. Mais informações: (32) 99939-4466 (telefone e WhatsApp) ou através do email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

CEREBRUM – o Centro Iberoamericano de Neurociência, Educação e Desenvolvimento Humano - é uma empresa com presença educacional no Chile, Peru, Brasil e Colômbia. Possui mais de 14 anos de experiência trabalhando em estreita colaboração com a Associação para a Educação e para o Desenvolvimento Humano - ASEDH - e seu principal objetivo é contribuir para a melhoria da qualidade da educação e desenvolvimento humano através através da promoção, formação e aplicação das contribuições das Neurociências ao campo educativo e à promoção da Neuroeducação.

Fonte: www.cerebrum.la

Mais informações acesse aqui.