UPE cria cátedra para destacar legado de Ricardo Brennand

Foto: Instituto Ricardo Brennand/Reprodução

O empresário, engenheiro e colecionador de arte Ricardo Brennand, que faleceu aos 92 anos no dia 25 de abril, será homenageado pela Universidade de Pernambuco (UPE) com a criação de uma cátedra que leva o seu nome. A resolução foi aprovada em reunião do Conselho universitário (CONSUN). A proposta foi da Faculdade de Ciências da Administração e Direito de Pernambuco (FCAP).

Pelo seu regulamento, a Cátedra Ricardo Coimbra de Almeida Brennand deve realizar estudos, pesquisas, cursos de extensão ou de pós-graduação, seminários e conferências sobre empreendedorismo. Suas atividades podem ser creditadas nos históricos acadêmicos de estudantes da graduação e pós-graduação.

Para divulgar a obra e o legado do homenageado, a cátedra também deve realizar intercâmbio com docentes e pesquisadores nacionais e internacionais. As publicações devem focar diferentes aspectos da transdiciplinariedade.

Nascido no dia 27 de maio de 1927, Ricardo Brennand concluiu cursos de Engenharia Civil e Engenharia Mecânica na Universidade Federal em 1949. Assumiu a administração de indústrias da família nas áreas de cimento, aço, porcelana e açúcar. Em 1999, com a venda das fábricas de cimento, ele destina recursos para a criação do Instituto Ricardo Brennand - o nome é homenagem a um tio - que se torna um castelo medieval gótico com todo o acervo acumulado por décadas. Entre armaduras, espadas e outras peças europeias, destaque para as pinturas de Frans Post que retratam o Brasil Holandês (Pernambuco na época de Maurício de Nassau).

UPE Mata Norte apresenta mestre de maracatu como candidato a "Notório Saber"

Foto: Paulo Goethe/UPE

O primeiro título de “Notório Saber” da Universidade de Pernambuco (UPE) já tem um candidato oficial. Três professores do curso de História da UPE Mata Norte apresentaram nesta quarta-feira (02/12) ao reitor Pedro Falcão um dossiê sobre o trabalho realizado pelo mestre Manoelzinho Salustiano tanto na formação de brincantes de maracatus, cavalos marinhos e mamulengos quanto na contribuição econômica a estas manifestações populares.

Carlos Moura, Mário Ribeiro e Sandra Simone, todos doutores, informaram que o atual presidente da Associação de Maracatus de Baque Solto de Pernambuco terá seu nome submetido à análise da comissão constituída pela UPE para concessão do título. O processo de licitação será aberto depois que o Conselho Universitário (CONSUN), em reunião realizada em 27 de novembro e referendada na terça-feira (01/12), aprovou o “Notório Saber” na instituição. A visita ao reitor contou com a presença da diretora do Campus Mata Norte, professora Maria Auxiliadora. 

Filho mais velho do mestre Salustiano - um dos principais nomes da cultura popular brasileira, falecido em 2008 – Manoelzinho iniciou a sua imersão na cultura popular ainda criança. Além de dirigente de maracatu, ele é conhecido também pelo seu trabalho de bordadeiro de estandartes e pela habilidade em unir as agremiações em torno da valorização de suas manifestações artísticas. Antes inimigos, os brincantes trocaram a violência, às vezes até com ocorrência de mortes, pela solidariedade. 

No dossiê que será incorporado à licitação, os professores da UPE narram a trajetória de Manoelzinho, destacam a relação dele com a própria Universidade de Pernambuco como uma "biblioteca viva" e apresentam mais de 30 cartas de instituições, sindicatos, empresas e órgãos governamentais referendando a importância do reconhecimento. Os professores também dispõem de material gravado com depoimentos do mestre. O primeiro título de “Notório Saber” da UPE terá seu nome divulgado em 2021.

Online, gratuito e para todos: NUCAS em Rede discute contemporaneidade

O Núcleo de Cartografias da Subjetividade da Universidade de Pernambuco (UPE) realiza, a partir das 14h desta quarta-feira (02/12), a terceira edição do NUCAS em Rede. O tema do encontro - com debates, reflexões, experimentações e arte - é “Corpos, Territórios e Movimentos”.

O evento online - que é aberto ao público, com direito a certificação - tem continuidade na quinta-feira (03/12), com uma carga horária total de dez horas. A inscrição pode ser feita através do link https://www.even3.com.br/nucasemrede2020.

De acordo com o professor de Psicologia na UPE Garanhuns e coordenador do NUCAS, Djailton Cunha, o evento visa discutir e problematizar temáticas interdisciplinares atuais, como o perspectivismo ameríndio, a klínica kosmos transpessoal, as terapias integrativas, os feminismos no contemporâneo e os corpos dissidentes. ˜É uma oportunidade de refletir e estender o debate acadêmico para a comunidade”.

Vídeos da UPE sobre a pandemia estão entre os vencedores da Mostra da SBPC

Com o objetivo de estimular e ajudar a promover e difundir as iniciativas audiovisuais de divulgação e conscientização sobre a pandemia de coronavírus no Brasil, a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) lançou a mostra " As Ciências e a Pandemia de Covid-19" que recebeu 58 vídeos de instituições de todas as regiões do País. No último dia (25/11) foram divulgados os vídeos vencedores escolhidos pelo público. Entre eles, estão dois, um de curta e um de média metragem, elaborados por professoras e estudantes da Universidade de Pernambuco (UPE) a partir de uma iniciativa chamada “Conhecimento Solidário” da Pró-reitoria de Extensão e Cultura (Proec) que promove a formação para produção de audiovisuais em parceria com a TV Pernambuco. Os vencedores participarão de sessões de apresentação e bate-papo, online, no encerramento da 72ª Reunião Anual da SBPC, amanhã (3), a partir das 16h. O encontro será transmitido através do canal YouTube da SBPC https://www.youtube.com/user/canalsbpc.

O vídeo de curta metragem “Emergência em Saúde Pública de Importância Internacional” foi produzido pelas professoras da Faculdade de Enfermagem Nossa Senhora das Graças (Fensg), Lucilene Aguiar e Rejane Ferreira. A produção aborda o conceito de Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional (ESPII), o marco legal que regulamenta essas ações no âmbito internacional, as ESPII na última década e a importância da atuação do SUS na coordenação da resposta à emergência do Covid-19. O vídeo recebeu 691 curtidas.

Leia mais...

Estudantes da UPE, UFPE e IFPE vencem desafio Startup Way UPE e Federais Club

Um projeto de descarte de resíduos de obras de pessoas físicas, da equipe LogInovation, e um aplicativo bilíngue para integração entre crianças surdas e ouvintes de dois a sete anos, da equipe IN6, foram os vencedores do Startup Way UPE e Federais Club nas categorias de ensino técnico e ensino superior. O desafio foi realizado em parceria entre o Sebrae e sete instituições de ensino pernambucanas – as Universidades Federais de Pernambuco (UFPE), Rural de Pernambuco (UFRPE), do Vale do São Francisco (Univasf) e do Agreste de Pernambuco (Ufape); os Institutos Federais de Pernambuco (IFPE) e do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE); e a Universidade de Pernambuco (UPE) – para proporcionar aos estudantes o desenvolvimento de competências e habilidades exigidas pelo mercado.

Dez equipes chegaram à final, realizada na segunda-feira (30), de forma remota, sendo cinco do ensino técnico e cinco do ensino superior. A LogInovation é formada por estudantes do IFPE – Campus Cabo e a IN6, por estudantes de diversos cursos da UFPE e UPE. No ensino técnico, o segundo lugar ficou com a EletroArbo e o terceiro, com a GreenTech. Já no superior, a InovaKids levou a segunda colocação e a Discovery, a terceira. As seis melhores equipes participarão do curso Bootcamp no Sebrae on-line.

Eles tiveram o desafio de desenvolver negócios inovadores e escaláveis que apresentem soluções para os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), que buscam soluções para os urgentes problemas ambientais, políticos e econômicos que o mundo enfrenta. Durante a maratona, os estudantes foram estimulados a resolver problemas complexos, de modo a desenvolver o pensamento crítico, a criatividade, a liderança, o trabalho em equipe, a inteligência emocional e a tomada de decisão. Além dos momentos de mentoria, eles participaram de palestras ao vivo que os ajudaram a transformar as ideias em negócios.

Leia mais...