Divulgada primeira lista de remanejamento das Escolas de Aplicação da UPE

A Comissão Permanente de Concursos Acadêmicos da Universidade de Pernambuco (UPE) divulgou o primeiro remanejamento do Processo Seletivo 2022 das Escolas de Aplicação do Recife, Nazaré da Mata, Garanhuns e Petrolina.

As listas contemplam alunos do 6º ano do ensino fundamental e 1º ano do ensino médio.

Informações sobre matrículas podem ser obtidas diretamente nas Escolas ou pelos telefones: (81) 3183-3660/3791 e, ainda, no endereço eletrônico: https://processodeingresso.upe.pe.gov.br

REMANEJAMENTO ENSINO FUNDAMENTAL

REMANEJAMENTO ENSINO MÉDIO

Reitores das universidades integrantes do Consórcio Pernambuco Universitas discutem volta às aulas e segurança sanitária

O Consórcio Pernambuco Universitas realizou uma reunião virtual nesta sexta-feira (14) para analisar medidas preventivas conjuntas das instituições de ensino superior do estado relacionadas ao coronavírus (covid-19).

O principal tema foi a segurança sanitária de professores, alunos e servidores no retorno às aulas programado para as próximas semanas. Ficou acordado que as instituições irão avaliar o cenário epidemiológico constantemente.

Os reitores da Universidade de Pernambuco (UPE), da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) avaliaram os dados de recrudescimento da pandemia no estado.

Além do reitor prof. Pedro Falcão, que é o atual presidente do Consórcio Pernambuco Universitas, a vice-reitora profa. Socorro Cavalcanti e o pró-reitor de Graduação (PROGRAD), prof. Ernani Martins, participaram do encontro virtual representando a UPE.

De acordo com o pró-reitor Ernani Martins, as aulas na UPE recomeçam no dia 21 de fevereiro para o semestre relativo a 2021.2, que vai até 11 de junho. O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) e o Conselho Universitário (CONSUN) da universidade decidiram manter o formato híbrido, com no mínimo 60% de presencialidade.

Criado em novembro de 2014, o consórcio Pernambuco Universitas tem por meta promover a cooperação técnica, científica, educacional e cultural entre as universidades participantes. Busca também unir as competências destas instituições e de seus pesquisadores para realização de programas e projetos conjuntos.

Apesar de não terem participado da reunião, a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) e a Universidade Federal do Agreste de Pernambuco (Ufape) integram o Consórcio Universitas e apoiam as decisões da instituição.

Chapa 2, com Manoel da Cunha Costa e Denise Vancea, vence as eleições para a nova diretoria da ESEF/UPE

 

Com 58,6% dos votos, Manoel da Cunha Costa e Denise Maria Martins Vancea serão o diretor e a vice-diretora da Escola Superior de Educação Física (ESEF) para o quadriênio 2022-2026. Integrantes da chapa 2, "Coletivo ESEF", eles foram os vencedores da eleição online iniciada ao meio-dia de segunda-feira (10) e encerrada às 11h59 desta quarta-feira (12).

Votaram de forma paritária professores, servidores e alunos de graduação e pós-graduação da ESEF. A Chapa 1, "ESEF Conectada - Inovar para Avançar Com a Diversidade", que tinha como candidatos Jorge Bezerra (diretor) e Carlos Augusto Mulatinho de Queiroz Pedroso (vice-diretor), obteve 39,4% dos votos.

A interposição de recurso à Comissão Eleitoral quanto ao resultado da eleição poderá ser realizada até as 17h de quinta-feira (13).

O mandato terá início no dia 3 de maio. A data de cerimônia de posse ainda não foi definida.

Com 75 anos de história, a ESEF é a primeira Escola Superior de Educação Física civil criada no Brasil em 15 de maio de 1946, absorvendo dois cursos normais (educação física e ginástica rítmica) existentes em Pernambuco. Em 1991, com a fundação da UPE, passou a integrar a universidade estadual.

ATA DE APURAÇÃO DOS VOTOS

CONSUN avaliará proposta sobre licença médica e pagamento da gratificação de desempenho dos servidores da saúde da UPE

A Superintendência do Complexo Hospitalar da Universidade de Pernambuco vai encaminhar uma resolução para ser votada na próxima reunião do Conselho Universitário (CONSUN) para que os afastamentos por licença médica dos servidores da área de saúde não resultem em desconto da gratificação de desempenho. O CONSUN se reunirá no dia 28 de janeiro. Atualmente, só os positivados para covid-19 têm esta bonificação mantida.

A medida foi acordada após encontro na manhã desta quinta-feira (13), na reitoria da UPE, do reitor Pedro Falcão com a pró-reitora de Desenvolvimento de Pessoas (Prodep), Vera Gregório, o presidente do Complexo Hospitalar da UPE, Gustavo Trindade Filho, a diretora do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC), Izabel Avelar, o coordenador médico do Pronto-socorro Cardiológico Universitário de Pernambuco (Procape), Pedro Casé, e a gerente de controle e avaliação do Centro Universitário Integrado Amaury de Medeiros (Cisam), Suzemires Lopes.

A suspensão do desconto terá efeito retroativo ao mês de dezembro, quando os casos de afastamento por doença aumentaram em virtude da nova onda de contaminação do coronavírus e de gripe. 

O Sindicato dos Servidores da Universidade de Pernambuco (Sindupe) havia protocolado pedido para que o assunto fosse discutido. Quem trabalha nos hospitais da UPE tem garantida, por lei, a gratificação de desempenho nos afastamentos por férias e licença-prêmio. O pleito é que a categoria receba também quando estiver de licença médica.

O Complexo Hospitalar da Universidade de Pernambuco é formado pelo HUOC, Procape e Cisam.

Na reunião também foram avaliadas as medidas necessárias para a manutenção dos serviços do Complexo Hospitalar diante do afastamento do trabalho por causa de doenças.

Estudante da FCM/UPE ganha prêmio por uso da realidade aumentada para ausculta de sons cardíacos

Acadêmico do sétimo período da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade de Pernambuco (FCM/UPE), Tobias Mosart teve um projeto vencedor no XR Hackathon 2021, a principal competição global de realidade aumentada e realidade virtual realizada pela Meta (novo nome do Facebook).
 
Usando uma ferramenta de criação dos filtros do Instagram, ele desenvolveu o AR Heart Sounds Tool, um simulador que facilita o treino da ausculta de sons cardíacos fisiológicos e patológicos através de uma experiência em realidade aumentada, voltada para estudantes da área da saúde.
 
"Nele, o usuário, apontando a câmera para outro colega, consegue observar o local adequado dos pontos de ausculta, anatomia básica da região, observar o fonocardiograma de cada som, e escutar, pelo fone de ouvido, qual seria o som gerado para aquela representação gráfica (Fisiológico B3, B4, Desdobramentos e Ritmo de galope)", descreve Tobias.
 
O estudante diz que o diferencial é tornar a experiência do aprendizado mais imersiva, chamativa e interessante ao aluno, ao mesmo tempo em que se consegue simular sons patológicos em qualquer ambiente e com qualquer pessoa, facilitando o treino inicial da ausculta, para posterior estudo com o paciente.
 
Além deste projeto, Tobias já criou uma simulação de anamnese e exame físico para auxiliar o estudo dos estudantes do quarto período de Medicina, quando, por causa da pandemia, eles não puderam ter contato com os pacientes.
 
A divulgação dos vencedores do XR Hackathon 2021 aconteceu em dezembro (https://facebookhackathons.com). Mais informações sobre o projeto de Tobias estão disponíveis em sua página no hackathon(bit.ly/heartsoundstool).
 
"Estes projetos exemplificam apenas o começo das possibilidades que novas tecnologias disruptivas podem oferecer para a educação em saúde (sempre de forma complementar, nunca substituindo o paciente). A Meta está investindo em um projeto de realidade aumentada para educação chamado Meta Immersive Learning. Espero que, com essa vitória, nossa universidade esteja visível para eles como potenciais parceiros para o início deste caminho", afirma Tobias.