UPE abre seleção para contratação temporária de médicos intensivistas

Foto: SES/PE

O governo do estado aprovou a abertura de seleção pública simplificada pela Secretaria de Administração para contratação temporária de 20 profissionais médicos intensivistas plantonistas para atuação no Complexo Hospitalar da Universidade de Pernambuco (UPE). A remuneração é de R$ 9.886,16. A inscrição deverá realizada pelo endereço eletrônico www.upenet.com.br no período de 27 de novembro a 1° de dezembro de 2020. A seleção será composta por etapa única, de caráter classificatório e eliminatório, que consistirá em avaliação curricular. O resultado final será divulgado no dia 10 de dezembro.

O contrato de trabalho terá prazo de validade de seis meses, prorrogável por igual período, a contar da homologação do resultado final, publicada no Diário Oficial do Estado de Pernambuco. A medida foi tomada em virtude da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do combate ao Covid-19. O Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC) é referência no estado 

Uma Comissão Executora será designada pela UPE para a criação de todos os instrumentos necessários para inscrição, avaliação curricular, recebimento dos recursos, elaboração e divulgação dos resultados, além de todos os comunicados que se fizerem necessários.

A autorização é embasada no Decreto nº 48.833, de 20 de março de 2020, que declara situação anormal, caracterizada como “Estado de Calamidade Pública”, no âmbito do estado de Pernambuco, em virtude da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus. Também se respalda Resolução nº 051, de 12 de novembro de 2020, homologada pelo Ato nº 2774, de 18 de novembro de 2020, bem como a necessidade de atender temporariamente e de excepcional interesse público à emergência em saúde pública decorrente da pandemia de Covid-19.

UPE divulga calendário de matrícula do 5º Remanejamento do Processo de Ingresso 2020

A Comissão Permanente de Concursos Acadêmicos da Universidade de Pernambuco (CPCA/UPE) convoca os candidatos classificados no 5º Remanejamento do Processo de Ingresso 2020 (SSA e Sisu) a realizarem o agendamento (data e horário) da matrícula que acontece no período de 30/11/2020 a 04/12/2020 no horário de 08h às 13h, de acordo com o campus e curso de ingresso do candidato.

Leia mais...

Servidores da UPE participam de curso sobre folha de pagamento do Poder Executivo Estadual

Os servidores da Pró-Reitoria de Desenvolvimento de Pessoas (Prodep) e setores de Gestão de Pessoas das unidades da Universidade de Pernambuco (UPE) participam até sexta-feira (27) do curso de introdução ao Sistema SADRH, principal sistema de folha de pagamento do Poder Executivo do Estado de Pernambuco.

O curso, promovido pelo Centro de Formação dos Servidores e Empregados Públicos do Estado de Pernambuco (CEFOSPE), é ministrado pela gestora do sistema, Ana Cristina Fernandes e coordenado pela servidora da UPE, Acaziele Diniz.

Leia mais...

Candidato do estado a Medicina, Direito e Odontologia na UPE terá 10% de bônus na nota do Enem

Foto: Marli Moreira/Agência Brasil

O candidato a uma vaga na Universidade de Pernambuco (UPE) em Medicina, Direito e Odontologia terá direito a um bônus de 10% na nota do Enem se tiver cursado todo o ensino médio em uma escola do estado (pública ou privada) e morado em uma mesma região (Região Metropolitana, Zona da Mata, Agreste e Sertão). Os três cursos são os que têm mais procura por candidatos que não residem em Pernambuco. A concessão foi aprovada por unanimidade pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) da UPE.

Para o aluno egresso de escola pública, o direito ao bônus será optativo, já que ele pode concorrer pelo sistema de cotas, que representa 20% das vagas da Universidade de Pernambuco. “Se preferir o bônus, este candidato vai disputar pela ampla concorrência˜, alerta o pró-reitor de graduação e presidente do processo de ingresso da UPE, Ernani Martins.

O bônus seguirá o critério regional. Quem estudou e mora no Recife, Região Metropolitana e Zona da Mata terá acréscimo de 10% na nota de Enem nos cursos de Medicina, Odontologia e Direito oferecidos no campus Recife. No campus Garanhuns, o bônus para os candidatos a Medicina será dado a quem estudou e reside no Agreste. No campus Serra Talhada (Medicina) e no campus Arcoverde (Odontologia e Direito), o benefício será exclusivo para quem fez o ensino médio e reside no Sertão.

A medida já vale para as provas do Enem (janeiro e fevereiro de 2021) e também para o Sisu (data de inscrições ainda não divulgada), uma das formas oficiais de ingresso na Universidade de Pernambuco, que oferta 1.730 vagas neste sistema. Outras iguais 1.730 vagas são destinadas ao Sistema Seriado de Avaliação (SSA). Ao todo, a UPE dispõe de 3.460 vagas para 54 cursos distribuídos em 11 campi espalhados pelo estado.

RESOLUÇÃO 

Um panorama da Covid-19 no mundo em livro gratuito da Edupe

Fotos: Autores Karl Schurster e Dilton Maynard/Reprodução da capa do livro

Economia se sobrepondo à saúde, reação da direita radical, crescimento do negacionismo, teoria conspiratória nas redes sociais, desvios de informação. A pandemia de Covid-19 é uma tragédia que ainda está sendo escrita, mas estes temas já estão devidamente analisados em um livro da Editora Universidade de Pernambuco (Edupe) disponível gratuitamente para download em formatos PDF e e-pub. “Covid-19, sociedades e tempo presente” reúne, em 166 páginas, artigos de pesquisadores do Brasil, Argentina, Alemanha e Espanha, “convocados” pelos professores Karl Schurster e Dilton Maynard, organizadores da publicação. Em uma troca de e-mails, os dois perceberam a importância de registrar o momento como contribuição da ciência para o público em geral.

“A ideia era tirar o Brasil desta 'síndrome de ilha', de achar que está isolado do mundo e mostrar um panorama global do enfrentamento da Covid-19”, afirma Karl Schurster, assessor de relações internacionais da Universidade de Pernambuco (UPE). Ele e Dilton Maynard, que é pró-reitor de graduação e professor associado da Universidade de Sergipe (UFS), solicitaram contribuições inéditas de especialistas de outros países.   

Lançado em agosto, apenas cinco meses depois do início da quarentena no Brasil, o livro traz textos em português e espanhol e aborda os impactos de um isolamento completo (na Patagônia argentina), o caos no atendimento público de saúde na Espanha, o “vocabulário” da pandemia na Alemanha e o uso e seleção de informações sobre a doença no Brasil. O livro pode ser baixado através deste link: http://edupe.com.br/produto.php?codigo=127. É preciso apenas fazer um cadastro prévio na Edupe para ter acesso ao catálogo. 

A ideia de Schurster e Maynard é publicar um novo volume em janeiro de 2021, reunindo as impressões dos mesmos colaboradores já sobre a segunda onda da epidemia e incorporando novas contribuições de especialistas de Israel e Estados Unidos.